quinta-feira, 9 de abril de 2015

Páscoa: Sangue, Portais e Domínio

Estou ciente de que este post está levemente atrasado. Mas devido ao pedido de uma leitora, e a relevância deste tópico resolvi publicá-lo 'atrasado' mesmo assim.

Estamos acostumados a celebrar datas 'religiosas' especiais como a páscoa, mas é muito comum estas datas virarem apenas um motivo de comemoração, mais um feriado no calendário, sem fazer bastante sentido em si. A verdade é que nos dias de hoje a história da Páscoa, "Deus vindo com homem e morrendo pelos pecados do mundo e ressuscitando no terceiro dia", faz pouco sentido se não for vista em seu contexto. Assim como começar um filme pela metade, ou pegar o 'bonde andando em uma conversa', provavelmente não fará total sentido a não ser que se fique a par do contexto. 


Com este post tenho a intenção de compartilhar alguns pontos que considero importantes para dar contexto a Páscoa e consequentemente mostrar a importância e relevância dela para a humanidade, para o planeta terra, e para você como individuo!

Para este motivo precisamos voltar pro começo...

NO PRINCÍPIO: A TERRA E O HOMEM ORIGINAL

  • UM ECOSISTEMA PERFEITO 


Ao ler o livro de Gênesis entendemos que Deus originalmente criou um universo muito diferente do que vivemos agora. Ele criou as matérias-primas do universo (espaço, tempo, matéria e energia) e, em seguida, formou-os como um sistema bem organizado, auto-renovavel, com basicamente nenhuma degradação e com BAIXA ENTROPIA (desordem). 
  • UNIÃO DAS DIMENSÕES 'ESPIRITUAIS E TERRENAS'
Teorias cientificas atuais apontam para a existência de diversas dimensões interligadas a nossa realidade, uma delas é a 'Teoria das Cordas', mas o interessante é que o antigo acadêmico Nachamonides, no seculo 12, concluiu a partir de seus estudos sobre o texto de Gênesis que o universo tem dez dimensões: quatro perceptiveis e seis não perceptiveis. 
A Bíblia também relata que originalmente o homem convivia e tinha comunhão com  Deus, seu criador, com quem conversava, instruía e caminhava pelo jardim. Seria isso possível devido a original  união entre as dimensões 'espirituais e fisicas'?


  • O HOMEM RECEBE DOMÍNIO SOBRE A TERRA


Tendo terminado sua obra da criação criou e colocou Adão como responsável pelo 'jardim' dando a ele domínio sobre a terra.
'E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e DOMINE sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, E SOBRE TODA A TERRA, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra. E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, E SUJEITAI-A; E DOMINAI sobre os peixes do mar e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra.- Gênesis 1:26-28
Em Salmos temos uma confirmação do domínio da terra, dado aos homens:
Os céus são os céus do Senhor; mas a terra a deu aos filhos dos homens. - Sal.115:16



  • A 'QUEDA' DO HOMEM ETERNO
Neste jardim o homem tinha acesso direto a 'Arvore da Vida' da qual comendo de seu fruto podia viver eternamente. 

Além da 'Arvore da Vida', havia também a famosa 'Arvore do Conhecimento do Bem e do Mal' da qual Deus havia dado instruções especificas:
 E ordenou o Senhor Deus ao homem, dizendo: De toda a árvore do jardim comerás livremente,Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás. Gênesis 2:16-17
 Lastimavelmente enganada pela chamada 'serpente', oponente de Deus, o homem é convencido a desobedecer diretamente as instruções de Deus. Então comeram deste fruto 'contaminando' assim suas mentes com o conhecimento da maldade e do pecado, encadiando um processo de mortalidade aos seus corpos. Este acontecimento é referido na Bíblia como a 'queda do homem'.

E assim como um automóvel ou veiculo nas mãos de uma pessoa inexperiente ou mal intencionada pode se tornar uma arma, Deus se viu 'forçado' a tomar uma ação:
Então disse o Senhor Deus: Eis que o homem é como um de nós, sabendo o bem e o mal; ora, para que não estenda a sua mão, e tome também da árvore da vida, e coma e viva eternamente,O Senhor Deus, pois, o lançou fora do jardim do Éden, para lavrar a terra de que fora tomado.E havendo lançado fora o homem, pôs querubins ao oriente do jardim do Éden, e uma espada inflamada que andava ao redor, para guardar o caminho da árvore da vida. Gênesis 3:22-24

O HOMEM E A TERRA 'PÓS QUEDA'
  • O HOMEM E SEU NOVO MESTRE
Então o homem ADÃO, a quem 'a terra foi dada', que havia sido ludibriado pela serpente passou a ter um novo 'mestre'. Como a terra foi entregue ao homem, Deus não poderia se impor como Deus.

Assim como se você entregasse um presente para alguém, e este entregasse o presente para outra pessoa, você como quem originalmente entregou o presente não poderia simplesmente reivindicar a recuperação do presente. Uma vez dado, o dono possui o direito de fazer o que quiser. 

Sendo o 'dono da casa' Adão cedeu espaço para o inimigo de Deus e suas instruções e ensinamentos. Deus sendo um verdadeiro cavalheiro, não contrariou a decisão de Adão, mas se viu 'forçado' a se retirar, pois a luz não convive com as trevas. A terra agora estava corrompida e o homem debaixo de outro mestre!

No livro de Lucas vemos a ocasião em que o Diabo se gaba do mundo que lhe foi entregue:
E o diabo, levando-o (Jesus) a um alto monte, mostrou-lhe NUM MOMENTO DE TEMPO TODOS OS REINOS DO MUNDO.E disse-lhe o diabo: Dar-te-ei a ti todo este poder e a sua glória; PORQUE A MIM ME FOI ENTREGUE, E DOU-O A QUEM QUERO. Lucas 4:5-6

Outro resultado interessante e pouco mencionada desta desobediência foi que agora a concepção da mulher seria aumentada (já que a natureza do homem passou a ser mortal), passando a ter mais filhos, agora que a morte estava introduzida na terra.
            E à mulher disse: MULTIPLICAREI GRANDEMENTE a tua dor, e A TUA CONCEIÇÃO; -Gênesis 3:16

  • MUDANÇAS DRÁSTICAS NO ECOSISTEMA

Além de introduzir o conhecimento do mal (pecado) e a morte para a raça humana, este ato mudou o mecanismo delicadamente ajustado e finamente projetado dos reinos físicos e espirituais, colocando em movimento uma irreversível espiral descendente em direção a decadência, desordem, e o aumento da indisponibilidade de recursos energéticos. Essas falhas não faziam parte do projeto original.       

O resultado desta mudança drástica seria a separação dos mudnos (das dimensões), "físicas" e "espirituais".   




PECADO A 'KRYPTONITA' DO HOMEM

Um ponto que pede nossa atenção é o fato de que a Bíblia relata a morte como resultado direto do pecado. Uma comparação boba, mas possivelmente ilustrativa que vem em mente é que o pecado é para o homem nocivo como a Kryptonita era para Superman.
            Porque o salário do pecado é a morte. Romanos 6:23            A concupiscência, havendo concebido, dá à luz o pecado e o pecado, sendo consumado, gera a morte. Tiago 1:15

Consequentemente, enquanto houvesse pecado, haveria morte!


  • O PLANO DE RESGATE DE DEUS

E isso nos leva ao 'plano de resgate' de Deus! Como a 'Terra foi dada do homem', ela apenas poderia ser reivindicada por um homem. Então Deus vem em forma de homem, Jesus, seu filho, para recuperar a posse da terra, e para salvar o homem daquilo quer traz a morte. O pecado!

E dará à luz um filho e chamarás o seu nome JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.- Mateus 1:21

Como ele faria isso?


 O VALOR DO SANGUE

Tanto na Bíblia como nas culturas mais antigas, o sangue parece ser uma certa 'moeda de troca' entre as transações espirituais e terrenas. 

Existem diversos relatos de pessoas que outrora envolvidos no Oculto, admitem a pratica de 'derramamento de sangue' com o intuito de 'abrir portais' para o mundo espiritual e adiquirir assim habilidades, conhecimento, etc.



  • SANGUE vs MORTE 
João Batista vendo Jesus pela primeira vez diz:
No antigo testamento vemos que Deus exigia sacrifícios de animais para que a humanidade pudesse receber perdão dos seus pecados (Levítico 4:35; 5:10);
Porque a vida da carne está no sangue; pelo que vo-lo tenho dado sobre o altar, para fazer expiação pelas vossas almas; porquanto é O SANGUE QUE FARÁ EXPIAÇÃO PELA ALMA. Levítico 17:11


No livro de Êxodo vemos uma ocasião onde o 'sangue' teve papel de 'livramento'. Quando Moisés foi enviado por Deus a Faraó para libertar o povo de Israel da escravidão. O Faraó, é claro, não atendeu ao apelo de Moisés, e o palco foi definido para o confronto entre o Deus de Israel e os deuses do Egito.

A última terrível praga que desceria sobre o povo do Egito seria a morte dos primogênitos na terra. Apenas as famílias que sacrificassem um cordeiro sem defeito ou mancha, marcando com seu sangue as portas de sua casa estariam protegidos 'da morte'.

  • CORDEIRO DE DEUS

Você pode estar se perguntando: “por que animais? O que eles fizeram de errado?” Esse é justamente o ponto: já que os animais não fizeram nada de errado, eles morreram no lugar daquele que estava executando o sacrifício. Jesus Cristo também não tinha feito nada de errado, mas voluntariamente entregou-Se a morrer pelos pecados da humanidade (1 Timóteo 2:6). Muitas pessoas chamam de substituição essa idéia de morrer no lugar de outra pessoa.

Jesus Cristo tomou para Si o nosso pecado e morreu no nosso lugar.

 “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!” - João 1:29
“Aquele que não conheceu pecado, ele o fez pecado por nós; para que, nele, fôssemos feitos justiça de Deus.” 2 Coríntios 5:21


  • PORTAL PARA O ETERNO 
Com a obra sacrificial e o derramemento do sangue de Jesus Cristo na Cruz, abriu-se um 'portal' entre o eterno e o temporário, entre o celeste e o terreno, entre a morte e a vida, entre o homem e Deus. O homem agora podendo voltar a seu estado original, se encontra em condições para recuperar o domínio sobre a terra! 
E quando Jesus ressuscitou no terceiro dia, ele derrotou a morte, como o sacrifico de Aslam nas Crônicas de Narnia.



O LEÃO, A FEITICEIRA E A DERROTA DA MORTE


Uma ilustração do sacrificio de Jesus pode ser encontrada no livro e filme 'As Crônicas de Narnia', onde quatro irmãos chegam em Narnia, um país 'encantado' e lindo, mas que está sendo castigado por um inverno decretado pela Feiticeira Branca, lá eles ficam sabendo de uma profecia narniana que dizia que quando dois filhos de Adão e duas filhas de Eva aparecerem e se tornarem reis de Nárnia (com a ajuda do leão Aslam), o governo da Feiticeira irá terminar.
Infelizmente Edmundo, um dos irmãos, tentado pelas promessas da Feiticeira Branca, acaba traindo os próprios irmãos, avisando-a de que seus irmãos estão em Nárnia e que estão procurando Aslam. Mas de qualquer maneira os outros três acabam encontrando Aslam, e conseguem salvar Edmundo da Feiticeira.
Uma vez reunido com seus irmãos a Feiticeira Branca surge para clamar pelo 'sangue do traidor' Edmundo, da qual ela tem direito:
"Você tem um traidor entre os seus, Aslam, de acordo com as leis da 'Magia Profunda' entre as quais Narnia foi construida, todo traidor pertence a mim, o sangue dele é minha propriedade. A menos que eu tenha o sangue do traidor, como manda a lei, toda a Narnia será subvertida e perecerá em fogo e água. Edmund deverá morrer na Mesa de Pedra."
Mas como prova de amor, Aslam se oferece em troca de Edmundo para ser sacrificado na Mesa de Pedra, local onde os traidores são entregues à Feiticeira para sacrifício, e lá depois de ridicularizado e humilhado Aslam é sacrificado. Uma vez que Aslam está morto, a Feiticeira entra em guerra, agrupando seus súditos fieis para conquistar o domínio de toda a Narnia, e assim inicia-se uma batalha final, com Pedro, o irmão mais velho, liderando o exército de Aslam.
Mas enquanto isso, mal sabe a Feiticeira do fato de que a morte não foi capaz de vencer Aslam, que revive por ser inocente, conforme ordena a Magia Profunda de Antes da Aurora do Tempo:
 "Se a feiticeira entendesse o significado de sacrifício, talvez tivesse interpretado a Magia Profunda de outro jeito. 'Se uma vítima voluntária inocente de traição é morta no lugar de um traidor, a mesa de pedra ser partirá, e talvez mesmo a própria morte seja revogada'."
Então Aslam primeiramente vai libertar os narnianos que foram transformados em estátuas de pedra pela Feiticeira em seu castelo, e logo então vai ajudar Pedro na batalha, derrotando definitivamente a Feiticeira e seu exército.

Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte... assim também por um só ato de justiça [por um homem] veio a graça sobre todos os homens para justificação de vida. Romanos 5:18 
'Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais,Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado,O QUAL, NA VERDADE, EM OUTRO TEMPO FOI CONHECIDO, AINDA ANTES DA FUNDAÇÃO DO MUNDO, mas manifestado nestes últimos tempos por amor de vós;E por ele credes em Deus, que o ressuscitou dentre os mortos, e lhe deu glória, para que a vossa fé e esperança estivessem em Deus; Purificando as vossas almas pelo Espírito na obediência à verdade, para o amor fraternal, não fingido; amai-vos ardentemente uns aos outros com um coração puro;Sendo de novo gerados, não de semente corruptível, mas da incorruptível, pela palavra de Deus, viva, e que permanece para sempre.' 1 Pedro 1:18-23


  • RESUMO DA ÓPERA
Em resumo, Deus criou o homem para ser eterno, dominar a terra e estar em comunhão com Ele. Mas o diabo através da 'permissão' concedida por Adão introduziu a morte e o pecado a terra, e tomou as rédeas da mundo e da humanidade. Como este ato foi resultado da decisão de Adão, o primeiro homem, Deus não poderia intervir como Deus, deixaria assim de deixar de ser justo, interferindo no livre arbítrio. Portanto enviou seu filho, JESUS, se introduzindo na terra, vivendo e morrendo como homem e pagando com seu sangue pela recuperação daquilo que originalmente pertencia ao homem: domínio, comunhão (de Deus com os homens) e vida eterna. E ao ressuscitar no terceiro dia ele derrotou a morte, que era o resultado direto do pecado!


CRIADO PARA DOMÍNIO!


E agora qualquer homem ao se 'cobrir do sangue' de Jesus, aceitando o sácrificio como sendo seu tem acesso a este 'portal' que leva a Deus e a eternidade! 

Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. - João 14:6

Temos que lembrar que o Diabo já teve domínio 'livre' sobre a Terra por quase 4000 anos onde pode enraizar sua cultura e ensinos de pecado, perversão, paganismo e morte nas gerações dos homens. Com a vinda de Jesus este domínio foi quebrado LEGALMENTE, mas ainda cabe a nós, os homens a nos desapegarmos e quebrarmos essa cultura, tradição e doutrinamento 'do mal'  e concretizar a aplicação deste domínio, concretizando a vontade de Deus aqui na Terra, como já foi determinado no Céu! 




4 comentários:

  1. Mais um post exelente

    Não deixa de atualizar o blog não, pf! Eu aprendo muito aqui

    ResponderExcluir
  2. Vc pode me ajudar a entender alguns capitulos de Ezequiel? Depois do 40 mais ou menos, falam sobre portais?

    ResponderExcluir
  3. Muito bom! Esclarecedor e simples. Parabéns e obrigada. FELIZ PÁSCOA a todos nós!

    ResponderExcluir
  4. Muito bom! Esclarecedor e simples. Parabéns e obrigada. FELIZ PÁSCOA a todos nós!

    ResponderExcluir