sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Diga NÃO a perda dos SEUS direitos!

Manifeste-se contra o projeto de lei da Câmara 122 de 2006, denominado no Senado como PLC 122/ 2006 e popularmente conhecido como PL 122.

As leis que forem aprovadas agora vão determinar o curso da nossa sociedade!





“Para o triunfo do mal, basta que os bons façam nada!” Edmund Burke

O processo de defesa dos nossos direitos depende de todos nós. Entre em contato com os senadores de sua região e manifeste-se!

http://www.senado.gov.br/senadores/senadoresPorUF.asp

Alô Senado – 0800 612211


alosenado@senado.gov.br

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Interferência Interdimensional

Ao longo da historia sempre houve relatos de manifestações de seres interdimensionais. Eles se manifestam de diversas formas. Ha milhares de anos atrás, eles se manifestaram abertamente para os humanos primitivos, afirmando serem deuses.


Alguns afirmam que existem sociedades secretas (os Illuminatis) que trabalham para eles em troca de poder e conhecimento.

Quem seriam estes seres, de onde eles vêm, qual será a verdadeira intenção deles...?






quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

O Natal em Suma

Admita… Você já deu presentes medonhos, sem dúvida alguma... E também já recebeu presentes questionáveis.
Não é surpresa alguma o fato de que Deus é o melhor “entregador de presentes”!
No entanto, para o Natal, Deus nos deu algo que ninguém esperava, foi o maior presente que Ele poderia ter nos dado: A SI MESMO
O Deus que criou os céus e que lhe conheceu antes de você ter nascido, era agora um pequeno bebê.
Pode parecer esquisito que o plano de resgate de Deus para um mundo em apuros, era um bebê!
Mas a solução de Deus para os problemas do mundo, nunca esteve em 
coisas materiais. Ao invés de nos dar mais coisas, Ele deu DE SI MESMO!
Deus se transportou para a situação que precisava de cura, Deus se fez PRESENTE...
Deus apareceu em nossa redondeza, para que pudéssemos conhecer o Deus eterno
E como Ele é de verdade! Deus agora tinha um ROSTO, e uma VÓZ, e esteve entre nós.
O milagre do Natal, em suma. É isto: DEUS SE APRESENTOU!

domingo, 18 de dezembro de 2011

A Mensagem única do Natal

Bilhões de pessoas estavam espalhadas em uma grande planície diante do trono de Deus. Alguns dos grupos mais à frente se mostravam exaltados e hostis.


Como Deus pode nos julgar? — alguém perguntou.

Ele por acaso sabe o que é sofrer? — vociferou uma velha, arregaçando a manga para exibir um número tatuado, lembrança do tempo que passou em um campo de concentração nazista. — Nós suportamos o terror, espancamentos, a tortura e a morte!

Em outro grupo, um negro abriu a camisa à altura do colarinho e perguntou:

— O que acham disto? — e mostrou uma horrível queimadura feita com uma corda. — Fui linchado por ser preto! Esse foi o meu crime. Muitos do meu povo foram separados dos seus entes queridos, sufocados em navios negreiros e forçados a trabalhar como animais até que a morte os libertasse.

Por toda a planície havia centenas de grupos assim. Cada um tinha suas reclamações contra Deus pelo mal e sofrimento que Ele permitira ao mundo que criou. Que sorte a dEle: viver no Céu, onde não há pranto, medo, fome nem ódio.

Pensando bem, o que sabe Deus sobre as provações que o homem é obrigado a suportar neste mundo?

Afinal de contas, Deus leva uma vida bem tranqüila! — diziam.

Assim sendo, cada grupo escolheu para si um porta-voz, aquele que dentre eles mais tinha sofrido. Havia um judeu, um negro, um pária indiano, um filho de mãe solteira, uma vítima da radiação do ataque a Hiroshima, o prisioneiro de um gulag siberiano, etc.

Encontraram-se no centro da planície e discutiam o que haviam de fazer. Finalmente poderiam defender o seu caso. Era bastante simples: para que Deus os pudesse julgar, teria que antes suportar o que haviam passado. Decidiram que Deus deveria ser sentenciado a viver na Terra como um homem. Mas, por se tratar de Deus, definiram certos mecanismos para impedi-lO de usar Seus poderes divinos.

Um a um, os membros do comitê declaravam sua parte da sentença que Deus deveria cumprir.

— Que Ele nasça judeu.

— Que a legitimidade do Seu nascimento seja questionada, de forma tal que ninguém saiba de quem é filho.

— Que defenda uma causa justa, mas ao mesmo tempo tão radical que traga sobre Ele ódio e condenação e faça com que os líderes de cada uma das principais religiões procurem eliminá-lO.

— Que tente descrever o que nenhum homem alguma vez tenha visto, sentido, experimentado, ouvido ou cheirado: que Ele tente explicar Deus aos homens.

— Que seja traído por um dos seus amigos mais íntimos.

— Que seja falsamente acusado, julgado por um júri parcial e condenado por um juiz covarde.

— Que saiba o que é estar totalmente só e sentir-Se completamente desamparado por toda criatura vivente.

— Que seja torturado e morra da forma mais humilhante, com criminosos comuns.

Após o seu pronunciamento, cada um dos porta-vozes era ovacionado pela imensa multidão diante do trono de Deus. Mas depois que o último terminou de proferir a sua sentença, houve um longo silêncio.

Ninguém disse uma só palavra. Ninguém se mexeu. De repente, todos perceberam que Deus já havia cumprido a pena por eles decretada.

-Autor anônimo

O fato central do Natal é uma das características mais originais do Cristianismo e o distingue de virtualmente qualquer outra religião: A ENCARNAÇÃO. Deus se humilhou para se tornar um homem para viver com a gente e morrer por nós para que Ele pudesse habitar em nós. A boa notícia do cristianismo é que Deus vem a nós de uma forma muito pessoal para nos salvar e para viver em nós.

“E, projetando ele (José) isto, eis que em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, porque o que nela está gerado é do Espírito Santo; E dará à luz um filho e chamarás o seu nome JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados. Tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor, pelo profeta, que diz; Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, E chamá-lo-ão pelo nome de Emanuel, Que traduzido é: Deus conosco.” Mateus. 1:20-23

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

LEI MARCIAL é aprovada nos EUA!

Aprovada prisão por tempo indeterminado, sem acusação formal e sem o devido processo legal - ainda aguarda sanção de Obama.

O Congresso americano aprovou a Lei Nacional de Autorização de Defesa, que dá poder ao Governo Federal de usar as Forças Armadas contra a sua própria população, de prender por tempo indeterminado americanos em qualquer lugar no mundo, sem nenhuma acusação formal e sem o devido processo legal.



sábado, 10 de dezembro de 2011

Mudança Já!

Uma visão sobre o mundo em que vivemos, por Jacques Fresco, líder internacional do movimento Zeitgeist!


sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Postes de Luz Espiões

Vice da Segurança Interna evoca 1984 de Orwell

Paul Joseph Watson
Prison Planet.com
Terca-feira 8 de novembro de 2011

Detalhes acerca das luzes de rua financiadas pelo governo federal que servem como dispositivos de vigilância onipresentes não estão ficando menos assustadores. Um vice-diretor da Segurança Interna disse à FOX Charlotte, “ você nunca vai saber ” se a Grande Irmã estava observando, uma frase que não ficaria deslocada em 1984 de George Orwell.



E não estamos só dizendo isso para fazer drama – a idéia de que você nunca poderia ter a certeza ou não de que o Grande Irmão estava observando você e a impressão de estar constantemente sob suspeita é um tema dominante na distópica novela de 1949, que mostrava um estado totalitário em que a população é mantida sob vigilância constante do governo.


Se a cidade instalou luzes de rua com capacidades de vigilância… você nunca vai saber ”, teria dito o vice-chefe da Segurança Interna de Charlotte segundo a Fox.

Assim como os habitantes da Oceania tinham teletelas que vigiavam todos os seus movimentos, gravavam suas conversas e exibiam mensagens de propaganda, está previsto aos americanos serem tratados da mesma maneira com o uso das luzes de rua ‘inteligentes’, que agora estão sendo instaladas nas principais cidades do país.

E, assim como Winston Smith era incentivado pela teletelas para informar sobre os criminosos do pensamento, essas luzes de rua vão exibir mensagens de Janet Napolitano estimulando aos americanos informarem sobre as “ atividades suspeitas ” de cada um.

Mas, ao contrário de Orwell em 1984, as Intellistreets não dependerão de crianças denunciando seus pais por fazerem declarações subversivas, a capacidade de gravação de conversas privadas do sistema tornaráeste processo muito mais eficiente.

A reportagem da FOX Charlotte também divulga também um novo modo pelo qual as luzes de rua serão usadas para ficar de olho nos americanos que se atreverem a sair de casa. O sistema está ligado diretamente com a polícia local. Se os sensores nas luzes de rua captarem qualquer movimento em certas horas do dia, as autoridades são alertadas, o que torna a aplicação de toques de recolher muito mais fácil.

Uma vez que os fabricantes dos dispositivos tem explorado a onda de publicidade, com o pontapé inicial dado pela nossa história, para salientar o quanto as luzes de rua podem ser usadas na “ segurança interna ” com o propósito de “ manter as pessoas seguras ” ao mesmo tempo em que economiza energia, o governo federal imediatamente proclamou que elas são “ duplamente boas ” e agora elas estão sendo instaladas em grandes cidades como Detroit, Chicago e Pittsburgh com uma ajuda financeira do Departamento de Energia.

*********************

Paul Joseph Watson é o editor e redator do PrisonPlanet.com. Ele é o autor de Order Out Of Chaos. Watson também é um apresentador ocasional do Alex Jones Show.

Fonte: Planeta Prisão