quinta-feira, 7 de julho de 2011

Fîsica Quântica e Espiritualidade!

Uma palestra interessantíssima, que basicamente da uma explicação física/matemática/científica para a espiritualidade e fenômenos paranormais.

O professor Laércio explica a “fórmula” da existência do plano espiritual com base nas teorias do grandes físicos!




Parte 1:
Parte 2:
Parte 3:

OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: Por mais que eu concorde com muito do que o prof. Laércio compartilha nesta palestra, gostaria de salientar que não compartilho da mesma fé “espírita” que ele, por não achar que seja compatível com o Cristianismo.

Poucas coisas são tão capazes de trazer conforto a quem perdeu uma pessoa querida do que a possibilidade de encontrá-la novamente numa outra vida. Diversas expressões religiosas, inclusive o cristianismo, incluem em sua doutrina a crença veemente na existência da vida após a morte.

Mas o espiritismo vai além. Seus praticantes dizem que é possível se fazer contato à vontade com qualquer ser que já se foi desta vida. Mais ainda: dizem os espíritas que as almas desencarnadas estão em outro plano sempre prontas e dispostas a auxiliar aqueles que vivem fisicamente em sua caminhada rumo à "perfeição espiritual". Perfeição?

Para os espiritualistas (seguidores do conjunto de doutrinas organizado em meados do século 19 pelo pedagogo francês Hippolyte Leon Denizad Rivail, o comunista conhecido por Allan Kardec) "a existência humana é uma sucessão de mortes e renascimentos, sendo que a cada nova vida o indivíduo tem a oportunidade de desenvolver-se". Uma religião de obras!
Ef. 2.8,9: "Pois é pela graça que sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus; não das obras, para que ninguém se glorie".
Se para os cristãos Jesus é Deus, na opinião absurda dos adeptos do kardecismo Nosso Senhor é apenas um "espírito iluminado", um homem que alcançou a perfeição graças ao amor e bondade que dedicou às pessoas... Até falam bastante sobre Ele nos centros espíritas!
Jo. 10.30: “Eu e o Pai somos um”.
Com relação às sessões “mediúnicas”, em que os adeptos acreditam ter contato com pessoas que já morreram, ressaltamos que o apóstolo Paulo advertiu a igreja de Corinto sobre a possibilidade de o próprio diabo e seus anjos transfigurarem-se em anjos de luz.

Definitivamente, espiritismo e cristianismo são incompatíveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário